sábado, 26 de setembro de 2015

COMO TRABALHAR SITUAÇÕES DE CONFLITO NA ESCOLA DE FORMA CRÍTICA E PARTICIPATIVA?


ASSEMBLEIA - Celéstin Freinet


Quando algum aluno tem desejo de comentar sobre um fato ocorrido, sobre o cotidiano escolar, aulas ou situações de conflito na escola, ele escreve em um papel e o coloca dentro de um dos envelopes, de acordo com o tipo de comentário que o aluno deseja fazer. Em um dia específico e combinado, esses envelopes são abertos em uma roda de conversa e há um debate sobre as perguntas, as críticas, as sugestões e os elogios lá inseridos. Deste modo os alunos podem discutir juntos sobre atitudes que devem ser tomadas, regras que devem ser feitas, e decisões coletivas. Esse instrumento é muito importante para os alunos aprenderem a se manifestarem, a exprimirem suas opiniões, a exercitarem a democracia (de esperar um momento específico para se falar sobre aquilo) e a resolverem em conjunto os problemas.
Fonte: http://www.freinet.org.br/jornal-de-parede-assembleia